Escolha uma seção
 
 


Confira outras ofertas
Clique aqui.


Arrasando
Conheça os relatos dos mergulhadores formados pela PDIC
Perfil
Conheça mais de perto os profissionais PDIC.
Novos profissionais PDIC
Saiba quem são os novos profissionais!

Você que ama o mar e anseia por desafios constantes. Que gosta de estar sempre aprendendo. Você que possui essas características é a pessoa certa para se tornar um profissional no mergulho recreativo.

Descubra como se tornar um profissional PDIC


Perfil - Conheça o profissional PDIC

REINALDO ALBERTI

Ao sair da primeira aula de piscina, em 1987, Reinaldo Alberti, 32 anos, engenheiro florestal, mestre em tecnologia e empresário desde 1994, disse para o dupla que o acompanhava: "O meu sonho é dar aula de mergulho e trabalhar na atividade". Cinco anos depois, formou-se instrutor pela Bandeirantes do Mar e em 1994 fundou a Acquanauta Mergulho, em Curitiba (PR), da qual é diretor de treinamento e responsável pelo material didático e desenvolvimento de programas de ensino e de turismo. É especialista na formação de liderança, área que mais gosta de atuar, tendo formado em torno de 30 divemasters e quase 100 instrutores, em trabalhos desenvolvidos na Acquanauta e na NAUI Mercosul em São Paulo. Dono de um extenso currículo, Alberti concluiu recentemente o curso de instrutor PDIC.

Cursos realizados:

  • Mergulhador autônomo (1987);
  • Instrutor Bandeirantes do Mar e Instrutor 1 estrela CMAS (1992);
  • Instrutor 2 estrelas CMAS (1993);
  • Instrutor 3 estrelas CMAS (1995);
  • Instrutor NAUI (1997);
  • Instrutor NSC/FAI - Primeiros socorros e RCP (1997);
  • Instrutor especialista NAUI - Nitrox, Advanced rescue, Primeiros socorros (1998);
  • Instrutor trainer NAUI (1999);
  • Course director NAUI (1999);
  • Instructor trainer ASHI - Primeiros socorros (2000);
  • Instrutor DAN - Oxi provider (2001);
  • Mergulhador tech I NAUI TEC (2001);
  • NSC/FAI - atualização de protocolos RCP e Primeiros socorros (2001);
  • Instrutor de resgate aquático - NSC/NWPA (2001);
  • Instrutor de RCP profissional NSC/FAI (2001);
  • Full blender, serviço de oxigênio, instrutor blender (2001).
  • Entre 1996 e 2002, várias clínicas de manutenção: Sherwood, U.S. Divers, Aqualung, Mares, Scubapro, Fun Dive, entre outras.

Qual a sua impressão sobre o curso de instrutor PDIC?
Foi bastante abrangente, principalmente nas questões sobre mercado, didática e desenvolvimento dos cursos básicos e avançados. As salas de aula eram organizadas, em especial as do hotel Galápagos Inn. Destaco a exemplar disposição e organização do Kupeu e da equipe em ajudar, bem como as boas condições da embarcação e da base da Casamar. 
Acredito apenas que deve-se trabalhar mais o conteúdo destes cursos - básico e avançado - em aulas dissertativas, principalmente para Dive Supervisores e Instrutores Assistentes.

Por que você resolveu fazer o curso?
Há tempos a PDIC e a Acquanauta vinham se "encontrando" em eventos, até que no ano passado, durante a 13ª Reunião Anual da certificadora, nos foi apresentada a proposta de trabalho da PDIC e passei a estudar e a observar muitas similaridades na qualidade e na filosofia de trabalho da agência em relação ao desenvolvimento dos trabalhos realizados pela Acquanauta. Some-se a isso a possibilidade ampla de desenvolvermos projetos em conjunto (como colaboradores) e no desenvolvimento de cursos e materiais didáticos em áreas como o mergulho livre e resgate aquático.

Qual a sua opinião sobre o Diretor de treinamento e instrutor Marcus Werneck?
Pareceu-me extremamente comprometido com a qualidade de seus afiliados, tanto os membros individuais como os organizacionais. Entusiasta e motivador, posso dizer que foi gratificante ver um instrutor como ele ministrando cursos de liderança, tão carentes atualmente no Brasil. 
Meus elogios também aos [Instrutores] Masters que participaram e tornaram o curso bastante dinâmico.

Na sua opinião, como deve ser a forma ideal de atuar de uma certificadora no Brasil?
Desenvolvimento total de cursos e materiais didáticos voltados para o mercado brasileiro, respeitando principalmente as regionalidades, já que se trata de um país com mercados absolutamente diferentes em sua extensão.
Apoio irrestrito em ações de marketing, não só em publicidade, mas também no desenvolvimento dos membros para que possam atender bem o cliente, além de incentivar os instrutores a se especializarem o máximo possível.

Participe mandando o nome do profissional que você quer conhecer mais um pouco, clique aqui.

Voltar

 

PDIC © 2001 - 2005