Escolha uma seção
 
 


Confira outras ofertas
Clique aqui.


Arrasando
Conheça os relatos dos mergulhadores formados pela PDIC
Perfil
Conheça mais de perto os profissionais PDIC.
Novos profissionais PDIC
Saiba quem são os novos profissionais!

Você que ama o mar e anseia por desafios constantes. Que gosta de estar sempre aprendendo. Você que possui essas características é a pessoa certa para se tornar um profissional no mergulho recreativo.

Descubra como se tornar um profissional PDIC


Perfil - Conheça o profissional PDIC

ISMAEL ESCOTE

Ismael Escote, 37 anos, começou a mergulhar 5 anos atrás em Bonito-MS, onde fez seu curso básico. O contato com o mundo do mergulho começou quando era motorista e transportava mergulhadores, a primeira vez que respirou ar comprimido foi no lago de uma caverna, sendo este então o caminho natural de seu treinamento. Ismael é Instrutor de especialidade Overhead Environment PDIC, Instrutor NAUI, Cave Diver IANTD e Trimix Diver NAUI -Tec. 
Iniciou em 1999, a Sub Mundo Scuba Dive, hoje a maior operadora da região e a única especializada em cavernas, mergulho técnico e trimix. Trabalhou em expedições científicas coordenadas por Nicolleta Morachiolli da USP em 2000/2001 na Gruta do Lago Azul e outras cavernas da região. Também participou da Expedição Fósseis em 2001, coordenada por Marcus Werneck e Antonio Libertino para o Museu Nacional-UFRJ. Atualmente além da operadora, Ismael administra e coordena atividades na Gruta Mimoso, reaberta recentemente.

- A PDIC é uma das certificadoras mais exigentes do mercado. Por que você a escolheu?
O nível de exigência é que estimula o crescimento profissional, melhora a qualidade e desenvolve o mercado. Quando conheci pessoalmente o Marcus Werneck, durante uma expedição em Bonito, pude ver com que seriedade e profissionalismo ele tratava o mergulho. Não dá pra dizer se isto é reflexo da PDIC ou se a PDIC é reflexo disto. O fato é que isso me impressionou bastante e me fez optar por uma certificadora que tratasse o mergulho com a seriedade que eu esperava.

- Em termos de didática, qual será o grande diferencial de mercado que a PDIC irá emplacar com a nova filosofia Arraso?
O ARRASO é a síntese do que deveria ser qualquer mergulhador de qualquer certificadora. Colocar isso de forma a fazer o aluno perceber, que cada letra destas lhe trará um benefício e fará diferença durante o mergulho. O aluno comprometido, seguro e desfrutando satisfeito de um curso bem realizado é o maior diferencial que se poderia desejar.

- Que benefícios os novos padrões gerais de cursos irão trazer para os mergulhadores e os profissionais PDIC?
Quando se institui padrões, estabelecemos critérios que podem ser mais exigentes ou menos exigentes. A PDIC optou por padrões e critérios mais exigentes, tanto na formação de mergulhadores como na formação de profissionais. Isto pode parecer em princípio, um caminho mais difícil, pois teremos menos profissionais e conseqüentemente menos mergulhadores. No entanto se pensarmos bem, vemos que temos um aumento na qualidade, uma maior valorização do profissional e um comprometimento maior do nosso cliente com a atividade, já que de certa forma, ele conquistou um certificado e não o ganhou como brinde por ter comprado equipamento.

- Qual seria a forma ideal de trabalhar de uma certificadora hoje atuando no Brasil?
O trabalho ideal é aquele que nunca se realiza totalmente, pois a busca da perfeição deve ser incessante. Por isso, a certificadora, no intuito de aprimorar seu trabalho deve estar sempre em busca de novas soluções para seus profissionais e seus alunos. Material de qualidade e direcionado ao público daqui, desenvolvimento de métodos como o ARRASO e muitas outras coisas mostram que não é necessário e nem desejável apenas importar fórmulas. Todos sabíamos que elas funcionavam bem, agora com a PDIC podemos ver que se aprimoradas e adaptadas elas funcionam muito melhor.

Participe mandando o nome do profissional que você quer conhecer mais um pouco, clique aqui.

Voltar

 

PDIC © 2001 - 2005