Escolha uma seção
 
 


Confira outras ofertas
Clique aqui.


Arrasando
Conheça os relatos dos mergulhadores formados pela PDIC
Perfil
Conheça mais de perto os profissionais PDIC.
Novos profissionais PDIC
Saiba quem são os novos profissionais!

Você que ama o mar e anseia por desafios constantes. Que gosta de estar sempre aprendendo. Você que possui essas características é a pessoa certa para se tornar um profissional no mergulho recreativo.

Descubra como se tornar um profissional PDIC


Perfil - Conheça o profissional PDIC

Josualdo Moura

Sou natural de Recife-PE, nascido a 27 FEV 1962, vinte e dois anos de mergulho e dezessis como Instrutor; tenho formação superior em Licenciatura em Educação Física e em Academia Militar como Oficial do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco. O meu primeiro curso de mergulho foi em 1984 no próprio Corpo de Bombeiros; minha paixão pelo mar já era grande, porém praticava apenas mergulho em Apnéia, na época foi minha grande oportunidade.

Após alguns cursos na área subaquática, concluir o Curso de Mergulho Autônomo Raso Profissional credenciado pela Marinha do Brasil em 1989, ano que também concluir o Curso de Instrutor de Mergulho no então CMAR, sendo credenciado pela CMAS. Foi quando exatamente começou a minha jornada na formação de mergulhadores autônomo, tanto no Corpo de Bombeiros quanto nas Escolas de Recife e Fernando de Noronha, onde tive o prazer de ensinar no CMAR, Projeto Mar, Noronha DIver, Pernambuco SCUBA e hoje na Seagate Recife, contribuindo com a formação de centenas de mergulhadores entre civis e militares; além de participar de vários cursos fora do estado, tendo, inclusive, escrito duas monografias na área de formação de mergulho militar de resgate, publicadas no Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, sendo responsável também pela formação da maioria dos mergulhadores ARRASO do Corpo de Bombeiros de Pernambuco. Como instrutor tive a oportunidade de fazer o Curso de NITROX com o Marcus Werneck, quando conheci de perto, com a pessoa certa, na hora certa, toda a estrutura da PDIC Brasil, antes sabida e já admirada apenas pelas publicações, seriedade e trabalhos efetuados no Brasil. Quando fundei a Pernambuco SCUBA em 2003, tive a oportunidade de fazer novamente o ITC com o próprio Werneck, onde fiz questão de fazer tudo como se fosse um Instrutor iniciante e mesmo com alguma experiência em mergulho profissional e de resgate, empenhei-me em fazer todas as especializações da PDIC até a minha chegada a Master Instructor e Trainer de Primeiros Socorros; tendo a honra de ter o Marcus Werneck, Roberto Trindade, Nico, Ismar Just e André Valentim, participando da minha formação na PDIC, amigos que tenho grande consideração e apreço, compartilhando com dedicação a nossa filosofia ARRASO.

1-A PDIC é uma das certificadoras mais exigentes do mercado. Por que você a escolheu?

Com certeza a exigência é necessária, somos responsáveis por formar bons mergulhadores com qualidade e não em quantidade, se isto é ser exigente, nós somos! Escolhi a PDIC porque nós temos comprometimento com o mergulho como desenvolvimento pessoal, o mergulhador PDIC aprende fundamentos e configurações já no Curso Básico que infelizmente alguns mergulhadores com anos de mergulho nunca praticaram e as vezes só conheceram através da nossa filosofia que está sendo bem difundida.

2- Em termos de didática, qual é o grande diferencial da PDIC no mercado?

Sem dúvida a filosofia ARRASO; se preocupar com atitude, respiração correta, configuração de equipamentos, equilíbrio hidrostático, gerenciamento de stress, rodar o diagnóstico; são fundamentos que poucos se preocupam na formação de um bom mergulhador. Sem falar no aspecto emocional do aluno, que é esquecido na didática tradicional do ensino de mergulho, pregando-se apenas os aspectos mental e motor, exigindo do aluno o aprendizado por calistenia sem se preocupar se o mesmo está realizando os exercícios com segurança e sentindo-se bem psicologicamente.

3- Que benefícios os novos padrões gerais de cursos irão trazer para os mergulhadores e os profissionais PDIC?

Quanto aos mergulhadores os benefícios são indiscutíveis comparados com outro tipo de formação, basta apenas assistir uma aula de mar de alunos básico OPW PDIC e os check out (como chamam ) de alunos básicos em outros níveis de ensino, o TRIM é outro. Quanto aos profissionais, aí é que pega; o curriculo dos cursos profissionais PDIC têm estruturas de verdadeiros profissionais de mergulho, faremos agora apenas um comparativo do currículo do nosso Dive Supervisor com os equivalentes de outras formações, a exigência que temos para escolher e formar nossos instrutores não tem igual no Brasil. Eu saí instrutor após cinco dedicados anos ao mergulho ainda me achando imaturo, hoje vejo aluno de básico em menos de um ano recebendo brevet de instrutor, vejam a irresponsabilidade, sem experiência, sem vivenêcia, sem maturidade, inclusive sem curso de primeiros socorros e outros cursos mínimos, para que se possa ser um razoável instrutor.

4- Qual seria a forma ideal de trabalhar de uma certificadora hoje atuando no Brasil?

Respeitando umas as outras e que se tivesse harmonia sem discriminação, desde que todas primassem pela boa formação, pela segurança do mergulho e pela padronização de standards e currículo de cursos, principalmente quanto aos pré-requisitos para se tornar um profissional de mergulho. Tendo-se uma concorrência comercial e salutar, crescendo com informações, sem interesses pessoais e sem disputas de mercado através de fofocas e brigas de poder de quem sabe ou não sabe mais de mergulho, pois um bom mergulhador é reconhecido pela sua atitude.

Participe mandando o nome do profissional que você quer conhecer mais um pouco, clique aqui.

Voltar

 

PDIC © 2001 - 2005